Goioerê, terça-feira, 04 de agosto de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE
22/06/2020

Confira aqui como a Ivermectina pode combater o Coronavírus

Confira aqui como a Ivermectina pode combater o Coronavírus

Ivermectina contra o Coranavírus

 

Está semana seguindo o contexto dentre os medicamentos que estão sendo testados contra coronavírus, vamos entender sobre a "Ivermectina", uma droga antiparasita de amplo espectro, tradicionalmente utilizada no combate a verminoses. Em seres humanos é utilizada no tratamento da Oncocercose, Filariose, Ascaridíase, Escabiose, Pediculose, entre outros.

Um estudo colaborativo liderado pelo Biomedicine Discovery Institute (BDI) da Monash University, em Melbourne, na Austrália, com o Instituto Peter Doherty de Infecção e Imunidade (Doherty Institute), mostrou que a ivermectina possui atividade antiviral, em teste in vitro, contra o vírus causador da COVID-19 (SARS-CoV-2).

Em artigo publicado na revista Antiviral Research eles explicaram "Para testar a atividade antiviral da ivermectina em relação à SARS-CoV-2, infectamos as células e em seguida adicionamos a ivermectina. Às 24 horas, houve uma redução de 93% no RNA viral presente no sobrenadante (indicativo de virions liberados) de amostras tratadas com ivermectina”.

Para os pesquisadores o resultado dos testes levanta a possibilidade de a ivermectina ser um antiviral útil para combater o novo coronavírus e que nova testes devem ser realizados para que seja avaliada a sua eficácia em um ambiente clínico.

O foco dos pesquisadores agora é tentar elucidar o mecanismo de ação da ivermectina na inibição da replicação do RNA do SARS-CoV-2.

O líder do estudo, Dr. Kylie Wagstaff disse que no teste in vitro a droga mostrou eficácia na redução da carga viral nas primeiras 24 horas.

"A Ivermectina é amplamente usada e é vista como uma droga segura. Nós precisamos descobrir agora se a dosagem que é possível de se utilizar em humanos será eficaz".

O pesquisador alertou, ainda, que os testes foram realizados in vitro, sendo necessários testes em humanos para garantir a eficácia da droga. O uso da ivermectina no combate ao COVID-19 dependeria dos resultados de mais testes pré-clínicos e, finalmente, de ensaios clínicos. No mundo diversas pesquisas (como da ivermectina, cloroquinafavipiravir e entre outros) estão sendo realizados para avaliar possíveis tratamentos para infecções causadas pelo coronavírus. Até o momento não há nenhum medicamento com eficácia comprovada ou aprovado para o tratamento do COVID-19.


Cidade Portal - O Seu Portal de Notícias!
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Cidade Portal pelo WhatsApp (44) 99979-8991 ou entre em contato pelo (44) 3838-7475

Fonte: Rafael da Silva Favarão | PFARMA

Rafael da Silva Favarão

Rafael da Silva Favarão

Escreve sobre Saúde

- Rafael da Silva Favarão
- Formado pela Universidade Paulista UNIP - 2008
- Pós graduado em Gestão e Tecnologia farmacêutica pelo Instituto Racine - SP
- Pós graduado em Gerenciamento de Indústria pela Fasul Toledo PR.
- Experiência de quase 10 anos na Industria Farmacêutica na produção de medicamentos, 
- Atualmente Gerente Farmacêutico Responsável Técnico da Farmacia Nova Goioerê.

Ler mais notícias

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal