Goioerê, quarta-feira, 18 de maio de 2022 ESCOLHA SUA CIDADE

Política

19/04/2022

Exército está presente em momentos difíceis do país, diz presidente

Exército está presente em momentos difíceis do país, diz presidente

Bolsonaro participou da comemoração dos 374 anos do Exército

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta terça-feira (19), que as Forças Armadas são garantidoras do “regime [político] no qual o povo [brasileiro] quer viver”. Ao participar, em Brasília, da cerimônia de comemoração dos 374 anos do Exército, Bolsonaro voltou a elogiar o papel que militares desempenharam em momentos conturbados da vida política nacional.

“Em todos os momentos difíceis que nossa nação atravessou, as Forças Armadas, o nosso Exército, sempre estiveram presentes. Assim foi em [19]22, [19]35, [19]64 e também em 1986, com a transição [do regime militar (1964-1985) para o período democrático]”, disse o presidente, acrescentando que o processo de redemocratização foi feito “com os militares, e não contra” estes.

Ao lado dos presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, do Senado, Rodrigo Pacheco, e da Câmara, Arthur Lira, o vice-presidente, Hamilton Mourão, dos comandantes da Aeronáutica, do Exército e da Marinha e de ministros de Estado, Bolsonaro discursou para militares e civis.

Bolsonaro também reiterou parte do discurso do comandante do Exército, o general Marco Antônio Freire Gomes. Pouco antes, ao destacar a importância das Forças Armadas para a garantia da soberania de qualquer país, Gomes disse que “ao respeitar e valorizar seus soldados”, os cidadãos estão “investindo na garantia de seu bem maior, sua liberdade”.

“Vossa excelência bem disse”, comentou Bolsonaro aludindo à fala de Gomes. “O cidadão, ao respeitar e valorizar seus soldados, está investindo na garantia de seu bem maior, na sua liberdade”. As Forças Armadas não dão recado. Elas estão presentes. Elas sabem como proceder. Sabem o que é melhor para o seu povo e seu país. Elas têm participação ativa na garantia da lei e da ordem, da nossa soberania e do regime ao qual o povo quer viver”, afirmou o presidente antes de voltar a comentar o processo eleitoral brasileiro.

“Não podemos, jamais, ter uma eleição sobre a qual paire o manto da suspeição. Este compromisso é de todos nós, presidentes dos poderes [Executivo, Legislativo e Judiciário], comandantes das Forças [Armadas]. Todos somos importantes; somos agentes deste processo. E tenho certeza de que as eleições do corrente ano seguirão seu ritmo normal”, disse Bolsonaro.

“Nós todos, militares, um dia juramos dar a vida pela nossa pátria se preciso for. E todos nós, povo brasileiro, faremos mais que isto para garantir nossa liberdade e que todos joguem dentro das quatro linhas da nossa Constituição".

 

PUBLICIDADE

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | AGÊNCIA BRASIL

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados.

Desenvolvido por Cidade Portal