Goioerê, domingo, 21 de outubro de 2018 ESCOLHA SUA CIDADE

Esportes

02/10/2018

Empates e goleadas marcam início das disputas na categoria B dos JEPS Bom de Bola em Ubiratã

Empates e goleadas marcam início das disputas na categoria B dos JEPS Bom de Bola em Ubiratã

Empates e goleadas marcaram o primeiro dia de disputas da categoria B (12 a 14 anos) na fase macrorregional do 65º Jogos Escolares do Paraná (JEPS) – Bom de Bola, em Ubiratã. O Estádio Municipal Valderi Claudino da Silva (Claudinão) é palco das partidas que definirão as equipes que avançam à próxima fase da competição.

No jogo de estreia, a seleção masculina da Escola Estadual Dom Bosco, de Mariluz, protagonizou um confronto equilibrado com o elenco do Colégio Estadual José Sarmento Filho, de Iretama, igualando o placar em 2 a 2.

“Foi um bom jogo, conhecemos um muito bem a equipe de Mariluz, ela é muito forte, disputamos com eles a final da Copa Barbosa Ferraz de Futebol de Base, até por isso sabíamos que seria um jogo difícil, decidido no detalhe. 

Considero que as duas equipes fizeram um bom jogo, foi um resultado justo. Para o próximo podemos esperar mais raça, dobrar a atenção e tentar concertar alguns erros que podem decidir o jogo, pois o tempo de competição é curto, não dá pra vacilar, tem que correr atrás do resultado”, frisou o técnico Rafael Mainardes.

O treinador mariluzense Wagner Gomes da Silva avalia positivamente o resultado alcançado. “O resultado em si foi bom, tecnicamente e fisicamente Iretama é mais forte que a gente, o domínio do jogo foi deles. A nossa equipe entrou em campo com a proposta de jogar no contra-ataque, saímos na frente, eles viraram e a gente se esforçou pra buscar o empate. 

As outras equipes ainda são desconhecidas pra gente, são de regionais diferentes que a nossa, a gente vai dar estudar cada uma, avaliar qual é a situação e procurar produzir pra conseguir a vaga à fase final”, declarou Silva.

No segundo compromisso do dia, o selecionado iretamense goleou por 4 a 0 os donos da casa do Colégio Estadual Carlos Gomes. Os gols foram anotados pelo meio-campista Murilo Tolin Flores e pelo atacante Kauã da Costa Shueroff. “Estar aqui é uma grande honra, estamos lutando e trabalhando para passar à fase final, é difícil, porque cada jogo é como se fosse uma final, precisamos imprimir ritmo, jogar em cima, ganhamos de 4 a 0 mais era pra ter feito mais. Vamos continuar a impor nosso ritmo até o último jogo para que consigamos garantir a classificação entre os dois primeiros à final”, destacou a dupla a fim da partida.

Este é o último ano dos dois jogadores na categoria B, uma vez que estouraram a idade de 14 anos, e em 2019 passam a competir na categoria A (15 a 17 anos). “Por isso estamos trabalhamos forte para que possamos chegar o mais longe possível na competição, queremos encerrar nossa participação bem, estamos muito felizes pelos gols marcados”, enfatizou Kauã.

A dupla tem pretensões de jogar profissionalmente, para isso treina com o professor Huenes Marcelo Lemos (Mineiro), que levará eles para participar de uma seletiva no dia 08 de outubro, na cidade de Londrina. Junto com eles participarão dos testes seus colegas de time Sidinei Pereira de Oliveira Junior, Jonatan Fernando dos Santos Barros, Romulo Gabriel Godoi Mamus e Ivo de Souza Pereira Junior.

De outro lado, os maringaenses do Colégio Paraná conquistaram duas vitórias importantes na competição, despontando como favorito ao título da macro. A primeira foi diante do Colégio Estadual Antônio Dorigon, de Pitanga, por 6 a 0; e a segunda com os mariluzenses por 4 a 0, resultado que deixou o time em 1º lugar do grupo, com seis pontos. “Importante começar uma competição como essa, que não é mata-mata, é grupo único, com uma vitória, isso traz segurança e uma confiança maior pra equipe. 

Conseguimos fazer com que os jogos acontecessem da forma que treinamos”, ressaltou o professor Eduardo José Gregório (Preto), destacando como o elenco lida com o favoritismo: “A gente vem de uma boa fase regional, fomos campeões invictos, chegar aqui com esse favoritismo pode ser tanto bom como pode atrapalhar.

As outras equipes têm que tomar certo cuidado com nossa equipe que realmente é bastante qualificada, porém, o favoritismo pode vir contra na questão de uma autoconfiança muito grande, o que não é o nosso caso, pois conseguimos trabalhar bem o psicológico das crianças, para que possamos fazer um bom trabalho”, mencionou Preto.

O camisa 9 Gustavo Henrique Dourado Ferreira foi o grande destaque da equipe, marcando sete gols nos dois jogos disputados. “Sou um bom finalizador, meu negócio é fazer gol”, defende o centroavante.

Ele joga há sete anos futebol, desde então já defendeu as cores do Paiçandu, Maringá, Marialva e Arapongas. Atualmente treina no Esporte Clube Laranja Mecânica visando uma carreira profissional. “Sonho em ser jogador profissional. Meu objetivo é ir jogar em Portugal, mais pra isso preciso de dupla cidadania, então terei que esperar até completar 18 anos”, explicou.

Na disputa feminina, o jogo terminou com o placar igual em 0 a 0, porém pelo regulamento que exige a substituição de três atletas, tendo a Escola Estadual Presidente Arthur Costa e Silva, de Floresta, apresentado apenas 13 jogadoras para o confronto, o Colégio Estadual Luzia Garcia Villar, de Barbosa Ferraz, venceu o duelo. “Nossa equipe está migrando do futsal para o futebol, algumas têm um pouco mais habilidade, outras tem menos destreza com a bola, mais são bastante determinadas. Foi um jogo bem equilibrado, em decorrência do regulamento saímos com a vitória”, mencionou o professor Lourival Soares (Lourão).

A competição segue neste sábado (29), com início às 07h30 no Estádio Claudinão. O primeiro e segundo colocados em cada naipe avançam à fase final, que acontece de 19 a 24 de outubro, em São Mateus do Sul.

Os JAPS Bom de Bola ocorrem simultaneamente em mais sete municípios: Abatiá, Almirante Tamandaré, Florestópolis, Guaraniaçu, Paulo Frontin, Porto Rico e Virmond.

A 65ª edição dos Jogos Escolares do Paraná é promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Esporte e do Turismo e da Secretaria de Educação, e conta com apoio do município de Ubiratã.

 

PUBLICIDADE

 

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | COM/JEPS Bom de Bola - Fotos: Jaqueline Galvão

Empates e goleadas marcam início das disputas na categoria B dos JEPS Bom de Bola em Ubiratã
Empates e goleadas marcam início das disputas na categoria B dos JEPS Bom de Bola em Ubiratã

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal