Goioerê, sábado, 23 de março de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Policial

28/02/2019 | Concebido por Mariluz

Tentativa de Homicídio foi registrado em Mariluz, o motivo seria estupro de vulnerável

Tentativa de Homicídio foi registrado em Mariluz, o motivo seria estupro de vulnerável

Na manhã desta quinta-feira, 28, por volta das 10h40min  a equipe policial de Mariluz recebeu uma ligação anônima onde a pessoa denunciou que a poucos instantes houve disparos de arma de fogo contra um rapaz nas imediações da estação rodoviária de Mariluz.

Diante da informação imediatamente a equipe deslocou no local, onde autores e vítima haviam evadidos do local, onde permaneceu somente uma motocicleta da marca Honda, modelo CG150 fan,  de propriedade da vítima M. A.  S. R. , sendo que logo em seguida a equipe recebeu um novo chamado via fone, onde relataram que a vítima estava na rua avenida Coronel Galdino de Almeida, proximidades do colégio municipal Manoel Ribas.

A vitima M. A. este passou a relatar que nesta manhã estava em sua casa, quando as pessoas de M. H. L. O., 18 anos , e um menor de 17 anos  lhe convidou para irem ate a estação rodoviária, onde ao chegaram no local a vítima percebeu que havia uma emboscada contra a sua vida, onde veio a ser alvejado por O. B. da S. de 20 anos, a vítima ainda tentou sair do local, porém foi cercado pelas três pessoas mencionadas. 

Que na sequência após o socorro médico da vítima a qual inicialmente foi atendida no pronto socorro municipal de Mariluz e imediatamente devido a gravidade dos ferimentos foi encaminhada ao hospital de plantão na cidade de Umuarama.

Em diligências a equipe  logrou-se exito inicialmente na abordagem da pessoa do menor de 17 anos, na sequência O. B. da S. foi visualizado evadindo- se de uma residência  na rua Pres. Epitácio pessoa, sendo que no local  foi apreendido um revólver calibre 32 com 04 munições intactas e os menores  de 17 anos e de 13 anos o qual ocultou a arma e a pessoa de M. H. L. de O., 18 anos.

Na sequência foi logrado êxito na prisão de O. B. da S. o qual confessou que foi o autor que realizou os disparos contra a pessoa de M. A. da S. R., isto por que relata que a referida pessoa vinha abusando sexualmente de sua enteada de onze anos de idade. Todos envolvidos foram encaminhados para delegacia civil.

 

PUBLICIDADE

Fonte: Mariluz | Cidade Portal | Polícia Militar 2ª CIA 7º BPM

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal