Goioerê, sábado, 21 de setembro de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Região

23/08/2019

30% das obras fiscalizadas em Sarandi estavam irregulares

30% das obras fiscalizadas em Sarandi estavam irregulares

Após três dias de fiscalização intensificada, o Crea-PR (Conselho de Engenharia e Agronomia do Paraná) identificou irregularidades em 30,70% das obras vistoriadas em Sarandi, como nos bairros da área central, jardim Verão e em condomínios localizados na região do conjunto Vale Azul. A ação fiscalizatória iniciou na terça-feira, 20, e terminou nessa quinta-feira, 22, com a participação de seis fiscais da autarquia federal. 

Foram 114 construções fiscalizadas no período e 35 estavam irregulares, sendo que foram identificadas ao todo 39 irregularidades: 24 falta de ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) e 15 casos de exercício ilegal da profissão (a obra não tinha responsável técnico habilitado, como Engenheiro Civil e Engenheiro Eletricista). Há casos em que numa única construção foram detectadas mais de uma irregularidade. 

O que chama a atenção, é que do total de irregularidades encontradas, quase 40% foram por falta de profissional habilitado. Para o Engenheiro Henrique Hiracava, agente de fiscalização da Regional Maringá do Crea-PR, ao combater o exercício ilegal da profissão, o órgão evita riscos à segurança da população, além de prejuízos na qualidade e vida útil das edificações, que será acompanhada por um Engenheiro Civil.

A partir da próxima semana, os proprietários dos imóveis onde foram identificadas as irregularidades serão notificados e terão o prazo de 30 dias para regularizar a situação. Hiracava reforça que quem não se regularizar sofrerá as implicações da legislação com multas, se necessário. “As autuações variam de acordo com as infrações identificadas, que podem ser de R$ 227,00 até R$ 6.815,00”, explica.

A fiscalização intensificada em Sarandi ocorreu devido a expansão do setor da construção civil registrado nos últimos meses. Em um ano (agosto de 2018 e 2019), foram emitidas 1.368 ARTs de serviços de Engenharia no município, instrumento legal necessário à fiscalização das atividades técnicas em empreendimentos da Engenharia, Agronomia e Geociências. Neste ano, foram 836 registros.

Até novembro, a regional Maringá do Crea-PR realizará mais quatro ações fiscalizatórias em obras realizadas em Paranavaí, Cianorte, Campo Mourão e Umuarama. Os trabalhos nestas regiões iniciarão em setembro.

Crea/PR

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), autarquia que este  ano completou 85 anos, é responsável pela regulamentação e fiscalização da atuação de profissionais e empresas das áreas da Engenharias, Agronomias e Geociências. A Regional Maringá contempla 112 municípios, conta com aproximadamente 9 mil profissionais habilitados e três mil empresas registradas. Além de regulamentar e fiscalizar, o Crea-PR também promove ações de atualização e valorização profissional. 

Cidade Portal - O Seu Portal de Notícias!
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Cidade Portal pelo WhatsApp (44) 99979-8991 ou entre em contato pelo (44) 3522-7297

PUBLICIDADE

 

Nós do Cidade Portal em parceria com a organização estaremos sorteando 05 (cinco) ingressos na "PISTA" para o show deste dia 24 em Campo Mourão, para participar basta você instalar o Aplicativo da Rádio Cidade Portal, depois de instalado e ir até o menu e na opção -  "Fale conosco"  enviar uma mensagem  dizendo “Quero concorrer aos ingressos para o Show do Mato grosso e Matias".

Escolha seu sistema operacional e baixe o APP

Aplicativo para Android: http://bit.ly/appcp-radio
Aplicativo para IOS: http://bit.ly/appcp-radio-ios

 

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | CREA/PR

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal