Goioerê, domingo, 29 de novembro de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE

Esportes

21/10/2020

São Paulo massacra o Osasco e vence por 47 pontos de diferença no Paulista de basquete

São Paulo massacra o Osasco e vence por 47 pontos de diferença no Paulista de basquete

Defesa forte, transição rápida e um elenco infinitamente melhor que o do rival. Com Georginho no comando do time, Shamell bem nos arremessos e com Lucas Mariano dono do garrafão, o São Paulo venceu com facilidade o Osasco nesta terça-feira à noite, pelo Campeonato Paulista de basquete. O time tomou apenas 20 pontos no primeiro tempo e manteve um ritmo frenético de pontos no ataque. Resultado: 114 a 67, 47 pontos de diferença para o time do Morumbi, na maior vantagem no placar vista na competição. Com o triunfo o São Paulo encaminhou a classificação para a próxima fase. Já o Osasco está ameaçado de ser o único dos cinco times da chave a não avançar.

- Volume de jogo nosso está crescendo, estamos numa pegada boa de treinamento, essa semana foi um intensivão, fisicamente estamos evoluindo para a reta final. Time está de parabéns pela postura - disse o são-paulino Jefferson ao fim do jogo.

Logo no primeiro quarto, o São Paulo já mostrou o que seria a partida. O time do Morumbi chegou a abrir 25 a 6 no time de Osasco. O quinteto inicial mostrou a força que a equipe tem para o Paulista e também para o NBB, jogando com Bennett, Shamell, Renan, Georginho e Lucas Mariano. Além deles, as trocas também funcionaram e o quarto inicial acabou em 29 a 11. Mostrar força logo nos primeiros dez minutos, contra um time inferior, soou no Morumbi como resposta da inesperada resposta para o Paulistano, em casa, há dez dias.

O segundo quarto mostrou um Osasco com ainda mais erros no ataque, fruto da boa defesa são-paulina. No ataque, mesmo com o técnico Claudio Mortari mantendo os reservas atuando na maior parte do tempo, o time tricolor conseguiu ampliar a vantagem no placar, passando dos 30 pontos de diferença. Destaque para jogadores que o São Paulo contratou para essa temporada: Gerson, Isaac e Dawkins. Bennett e Lucas Mariano são outros dois reforços que chegaram e já mostram que o time tem uma rotação mais consistente do que no último NBB. Do time titular da temporada passada, apenas Léo Meindl deixou o clube para ir jogar na Espanha.

O segundo tempo começou com o São Paulo vencendo por 54 a 20. No final do terceiro quarto já estava 86 a 41. Diferença que mostra como um time só jogou o quarto, para não dizer a partida toda. E para tamanha vantagem, o São Paulo não precisou contar com uma atuação espetacular de Georginho, jogador eleito o melhor do último NBB. Ele deu seu show a parte em algumas jogadas, mas não precisou carregar o time sozinho nas costas com duplo-duplo ou triplo-duplo como já o fez em outras oportunidades. O massacre são-paulino continuou no último quarto, diminuindo o ritmo apenas nos minutos finais. Final de jogo com 47 pontos de diferença (114 a 67 para o Tricolor do Morumbi). Um treino de luxo para a equipe que pretende conquistar o título Paulista e começar bem o NBB em novembro.

Na última rodada desta fase, o São Paulo encara o clássico contra o Corinthians, sábado, às 19 horas, na casa do rival, no ginásio Wlamir Marques. O Osasco já fez suas quatro partida nesta fase do Paulista, vencendo apenas um jogo, a estreia contra o Corinthians por dois pontos de diferença.

 

PUBLICIDADE

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | GLOBO ESPORTE

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 0011632/PR

Desenvolvido por Cidade Portal