Goioerê, segunda-feira, 23 de maio de 2022 ESCOLHA SUA CIDADE
02/09/2021

Dr. Eduardo explica o porque de as mulheres correrem mais risco de desenvolverem Incontinência Urinária

Dr. Eduardo explica o porque de as mulheres correrem mais risco de desenvolverem Incontinência Urinária

Este distúrbio atinge cerca 40% das mulheres

A incontinência é a perda involuntária de urina pela uretra, ou seja, o indivíduo não tem controle da urina expelida. Isso acontece pelos mais variados motivos, mas em geral é uma falha no mecanismo urinário, quando a "válvula" que segura a urina, não consegue mantê-la dentro da bexiga e a urina então sai da bexiga por qualquer esforço físico que façam. O problema acomete ambos os sexos, mas as mulheres correm duas vezes mais riscos de desenvolverem essa incontinência.

A anatomia também influencia - A uretra da mulher, responsável por levar a urina até o meio externo, é pequena, tem cerca de quatro centímetros, por isso sua capacidade de retenção (da urina) é menor que a dos homens, cuja uretra pode chegar a 20 centímetros.

Outra questão é que a passagem do bebê pelo canal de parto, no parto normal, também contribui para o aumento da incidência, porque o ato de parir acaba relaxando a "válvula" da bexiga e os músculos da região. Prova disso é que 40% das mulheres gestantes apresentam um ou mais episódios de incontinência urinária durante a gestação ou logo após o parto.

No caso dos homens, a cirurgia para remoção de tumores da próstata (prostatectomia radical) também pode estar associada à ocorrência de incontinência urinária. Cerca de 5% dos pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico para câncer de próstata podem apresentar algum grau de perda urinária.

 

PUBLICIDADE

Fonte: Dr. Eduardo M Otani

Dr. Eduardo M Otani

Dr. Eduardo M Otani

Escreve sobre Medicina e Saúde

Dr. Eduardo Mitsugu Otani 
Formado pela FMUSP (USP) em 1977. 
Residência Médica na (USP) em Cirurgia Geral. 
Residência Médica na (USP) em Endoscopia. 
Médico do Hospital Santa Maria de Goioerê desde 1981. 
(USP) Universidade de São Paulo. 
Atendimento no Hospital Santa Maria , com consultório anexo , 24 horas. 
Serviço de Endoscopia Digestiva Alta no Hospital.

Ler mais notícias

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados.

Desenvolvido por Cidade Portal